Tel.: 21 884 41 00  |  Fax: 21 884 41 09

Vila Berta, 7 R.C. Esq.º  |  1170-400 Lisboa

Estrelas que Guiam


No passado dia 7 foi inaugurada a estrada mais brilhante, que se encheu de estrelas com adivinhas, desafios e informações, introduzindo, de forma lúdica, a importância da atenção e dos 5 sentidos para a circulação em segurança, a par do respeito pelas outras pessoas que também usam aquela via, que leva as crianças internadas no Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca (Amadora-Sintra), do Serviço de Pediatria até ao Bloco Operatório.

latest Running | air yeezy bay nike kicks shoes boys black boots DH7717-100 Release Date - SBD

Esta iniciativa foi impulsionada pelo Serviço de Pediatria deste Hospital, na sequência da doação de carros elétricos telecomandados. Conforme relata Ricardo Tomaz, Diretor de Marketing e Relações Externas da SIVA, “Ficámos imediatamente sensibilizados para a importância desta ação. Sabemos a atração que os carros (sobretudo aqueles que oferecemos) têm sobre as crianças e não quisemos deixar de apoiar tão original e nobre ideia.”

Com a preocupação de garantir a utilização dos carros e a circulação em segurança – quer pelas crianças, quer por todos os utilizadores daquele corredor, o Hospital contactou “a APSI que, sensível à segurança infantil, imediatamente acolheu a ideia com todo o entusiasmo e através do patrocínio da ESSILOR, colaborou na concretização do trajeto, sugerindo os elementos que deveriam figurar no mesmo para que se atingissem os objetivos inicialmente definidos. Assim foi possível proporcionar a todas as crianças um momento memorável (normalmente os pais filmam ou fotografam) de participação num dos muitos projetos da mascote do serviço de pediatria do HFF, Estrela Dora-Sin, e que apelidámos “Dora-Sin: Estrela ao volante”, conta Helena Loureiro – Chefe do Serviço de Pediatria do Hospital Fernando Fonseca.

Nas palavras de Fernando Trabuco (Channel Management & Medical Adviser da Essilor), “O facto de recorrer aos Serviços de Saúde pode significar um momento sensível ou de natural apreensão, pelo que a humanização dos espaços é fundamental para tornar a experiência mais confortável para as crianças (e adultos). Se para além de um maior nível de conforto conseguirmos aliar mensagens que sensibilizem para as temáticas da Prevenção e da Saúde, então foram atingidos - pelo menos - dois importantes objetivos.”

Também a Presidente da Direção da Associação para a Promoção da Segurança Infantil, Sandra Nascimento, conclui que esta iniciativa veio proporcionar o bem-estar e a alegria que a APSI tanto preza que as crianças vivam, mesmo em ambiente hospitalar: “os sorrisos das crianças e os relatos dos profissionais assim o demonstram. O entusiasmo com que aderem a esta brincadeira – sim, porque para as crianças é uma brincadeira – num contexto que pode gerar medo, incompreensão e dor, pode ser o melhor analgésico e o motor para uma maior aceitação e compreensão, até, de tratamentos e intervenções médicas que podem ser assustadoras e difíceis de compreender.

A Carta da Criança Hospitalizada refere que o acesso aos melhores cuidados de saúde é um direito fundamental da criança e que o hospital deve oferecer às crianças um ambiente que corresponda às suas necessidades físicas, afetivas e educativas. Não há dúvidas que a “Dora-Sin: Estrela ao volante” proporciona isso.

Ficamos na expetativa de que outras unidades de saúde, à semelhança do serviço de pediatria do Hospital Professor Doutor Fernando Fonseca, sigam este exemplo.” 

 

parceiros


  • ESSILOR
  • Ford
  • Microsoft
  • Montepio Geral
  • ANSR
  • CM Cascais
  • Barriguinhas
  • DGS
  • DGC
  • Dorel
  • Manchete
  • Estrelas&Ouricos
  • SIBS
  • H-Menezes_RiskVision
  • GNB Seguros
  • Fundação MAPFRE
  • Sinalux
  • Ardozia
  • Frotcom
  • Índice Nacional Terapeutico
  • Pumpkin
  • Mustard
  • SAGIES